BATISMO NA UMBANDA

É Pombinho brancomuito comum médiuns umbandistas serem batizados sem nenhum tipo de consciência sobre o que significa esse sacramento. Pais e Mães espirituais batizam seus filhos sem prepararem ou explicarem o que significa esse ritual, assim como é comum vermos médiuns trabalhando há anos em seus terreiros com várias confirmações religiosas, mas sem terem sidos batizados ou convertidos para a Umbanda, religião que comunga, ama e pela qual se dedica.

O Batismo é o mais importante sacramento para qualquer religião, e isso é tão claro que percebemos com facilidade o quanto as religiões de forma geral incentivam, divulgam e trabalham em prol do batismo entre sua comunidade e seus fiéis, algumas inclusive chegam a exigir tal sacramento.

É fato que existe hoje em dia um movimento de valorização da Umbanda, mas será que as principais regras ou atos litúrgicos estão sendo cumpridas? Será que os fundamentos básicos e iniciais estão sendo preparados? Será que o Batismo ou a Conversão Religiosa, sacramentos fundamentais para todo Ser que dão “vida ao Espírito”, estão sendo realizados nos terreiros com total consciência, responsabilidade e beleza?

Assunto para se pensar não acham? Continue lendo