Quando duas grandes forças se opõem, a vitória irá para aquele que sabe curvar-se

bambuAxé a todos, sábado começamos um estudo super legal, o Reiki. Nele vamos aprendendo um pouco mais sobre nossas responsabilidades e formas de agir diante do próximo e suas dores, vamos nos inteirando de alguns saberes fundamentais para nossa caminhada espiritual e, entre tantas outras coisas, vamos adentrando na cultura e valores oriental com intuído de uma construção humana, energética, íntima e espiritual muito, muito melhor, harmônica e forte.

Nesse estudo vamos falando e compartilhando muitas coisas, entre elas algo que tem muito valor para a cultura oriental e que pode – e deve – nos inspirar na vida, são as lições do bambu.

Em vários países e principalmente no Japão, o bambu é considerado uma planta nobre e sagrada, é símbolo da multiplicação e da generosidade. Inclusive, no Japão e na China acredita-se que seu tronco oco serve de morada aos deuses. Lindo, não é mesmo??

Alias, o bambu apesar da sua simplicidade, é uma das árvores mais resistentes que existem, é tão durável quanto o concreto e a sua tração é comparada ao aço. Também não podemos ignorar sua vasta utilidade em diversos setores da economia e da sobrevivência humana através da alimentação, da produção do álcool, celulose, reflorestamento, artesanato, decoração, movelaria, estruturas, construções e etc…

Bom, mas o que quero compartilhar faz parte da filosofia Zen budista e se chama “As 7 verdades do bambu”,  são grandiosas lições que se interiorizadas e aplicadas no cotidiano, trará as mais belas realizações em todos os aspectos e sentidos da vida. Experimentem…..

A 1ª lição é: SE CURVA, MAS NÃO QUEBRA

Uma das principais lições do bambu é em relação à humildade. Nessa lição devemos entender que mesmo estando fortemente enraizado, o bambu se deixa levar pelo movimento do vento, nos mostrando que mesmo com sua fundação sólida, ele é leve e flexível.

Percebam, ao se mover com o vento invés de lutar contra ele, o bambu nos ensina que a vida flui bem melhor quando se leva a vida com mais leveza e para isso é preciso ter humildade, seja para reconhecer um erro, voltar atrás, pedir desculpas ou para ser mais flexíveis, o que quer dizer, menos duros em relação à vida, à família, às demais pessoas que nos rodeiam e, inclusive em relação à nós mesmos.

Abro um parêntese aqui para pontuar que são suas as raízes profundas, aquelas que demoram certa de cinco anos para iniciar a formação de um broto, que favorecem essa capacidade ao bambu – essa de sobreviver as ventanias. Isso quer dizer que, quando se cria raízes sólidas e profundas, aquelas que levam determinado tempo para de fato se formarem, menos chance tem-se de desvirtuar dos objetivos e das metas que se almeja.

2° lição: A FRAGILIDADE É SOMENTE APARENTE

É surpreendente notar como o bambu suporta bravamente invernos e verões extremos e como ainda se mantem em pé, mesmo após um tufão devastador, provando que sua fragilidade é somente aparente.

Assim, por mais que você se sinta fragilizado, desanimado ou para baixo, não deixe de acreditar na força interior que existe em você, não se subestime.

3° lição: VIVE SEMPRE EM COMUNIDADE

Atualmente, as pessoas no geral estão se tornando mais individualistas, estão se distanciando umas das outras com muito mais desapego, a lição aqui é perceber que os bambus estão sempre unidos uns aos outros e assim se tornam mais fortes e resistentes. Portanto, é preciso aprender a cultivar o espírito de grupo, respeitar e ajudar uns aos outros, pois quando as forças se unem, fica bem mais fácil atravessar os obstáculos e adversidades que a vida nos impõe.

4° lição: NÃO SE DEIXAR DERROTAR PELAS ADVERSIDADES

Durante os invernos rigorosos os bambus chegam a se curvarem em decorrência da neve que cai sobre eles, porém mesmo ficando por tanto tempo envergados, assim que a neve derrete os bambus voltam aos seus lugares como se nada tivesse acontecido. É um voltar majestoso na  sua posição vertical e sem sequelas. Grande lição!!!

A razão para isso é que o bambu tem por todo seu tronco algo parecido com nós e são eles que dão a força e a resistência para suportar todas as suas adversidades.

Isso nos diz que em nossa vida, devemos permitir e firmas os nós. Esses nós podem e devem ser representados pelas pessoas que amamos e aquelas que estão sempre junto de nós para nos ajudar a enfrentar as dificuldades da vida.

5° lição: BUSCA A SABEDORIA NO VAZIO

Não se pode encher um copo se ele já está cheio. O aprendizado aqui está em perceber que o interior oco do bambu nos lembra que muitas vezes enchemos nossos pensamentos com nossas próprias conclusões preconcebidas e com isso não deixamos espaço para mais nada.

Deve-se esvaziar a mente de tudo que não acrescenta, que provoca perda de tempo e que traz desconfortos. Quando se esvazia a mente retirando todos os preconceitos, pré-conceitos, orgulhos e medos, libera-se “espaço” e tudo se torna mais fácil e mais aberto dando chances as novas possibilidades e novas oportunidades de aprendizagem e de conquistas.

6° lição: CRESCER SEMPRE. E SEMPRE PARA O ALTO

O bambu é uma das plantas que mais crescem no mundo, e o melhor: só cresce para o alto. Deve-se sempre olhar para o alto e seguir adiante, o céu deve ser nosso limite e inspiração, assim como é para o bambu. Acredite, temos um potencial incrível para crescer, só precisamos pensar como o bambu!

Aliás, em estação chuvosa o bambu cresce mais rápido, ou seja, ás vezes podemos também ter “estações” onde crescemos mais e outras “estações” que crescemos menos, no entanto, é importante que o crescimento seja contínuo.

7° lição: BUSCA A SIMPLICIDADE

Às vezes, se gasta muito tempo tentando mostrar que ser isso ou aquilo em busca de atenção e elogios. Bem verdade que normalmente não se dá conta que a simplicidade também pode impressionar as pessoas.

O bambu com seus galhos pequenos ensina que não se deve perder tempo criando galhos enormes. Esses galhos seriam as coisas materiais e inúteis nas quais muitas vezes se apega desnecessariamente esquecendo que desta vida nada de material se leva, e sim as experiências e a sabedoria que se adquire ao longo da vida.

Ufaaaa….. quantas reflexões e saberes. Aliás, tudo muito simples, claro e óbvio, não acham???

Enfim, espero que consigam interiorizar esses 7 aprendizados que eu já estou no meu esforço e exercício diário há tempos, mesmo porque, esses aprendizados não são NADA DIFERENTES a dos Guias Espirituais de nossa Umbanda, concordam?? Portanto, vamos à luta, com muita amorosidade, fé e persistência.

O BAMBU QUE SE CURVA 

É MAIS FORTE QUE O CARVALHO QUE RESISTE

Axéééé

                       por Mãe Mônica Caraccio

13 ideias sobre “Quando duas grandes forças se opõem, a vitória irá para aquele que sabe curvar-se

  1. Luz e Paz!
    Irradiando alegria com o retorno do Blog!!! E creio que palavras soltas se perdem ao vento! Porém, palavras sábias que tiveram morada no terreno do coração, assim como sementes, criaram raízes e brotaram em cada ser que pôde se deixar semear com tantas sementes de amor no terreno do antigo Blog!
    Deixo aqui uma versão em vídeo e áudio sobre a sabedoria das Sete Lições do Bambu!
    https://www.youtube.com/watch?v=m4ibnJeyJMI
    Um abraço fraterno !

  2. Axé, Mãe!
    Ao mesmo tempo que é lindo ler isso, é uma lição tao profunda e enriquecedora, me desperta a consciência em como somos pequenos e falhos… Precisamos aprender muito, nos vigiar muuuuuito pra chegar na sabedoria da natureza… Temos que ser fortes, vigilantes e leves. Obrigada por todas essas oportunidades! Axééeéééé

  3. Realmente, as características do bambu são uma fiel representação de como nos devemos agir para progredir em nosso caminho. Excelente aprendizado !!!
    Axé

  4. Lindos ensinamentos de flexibilidade, resiliência e sabedoria. Isso nos empulsiona ao alto e permite uma evolução bem enraizada.

    Muito bom ver nossa casa envolvendo, ensinando e, principalmente, encantando novamente.

    Axé!!!

  5. Axé Mãe!
    Quantos ensinamentos uma planta que muitas vezes as pessoas nem vêem, nem observam, trazem para a nossa vida.
    Sempre gostei dos bambuzais! O som dos ventos quando passa por eles, forma uma melodia inconfundível!
    Agora então, com seus ensinamentos, terei uma visão mais ampla para tanto saber!
    Axé!

  6. Lindo texto, Mãe!
    Sinceramente esses ensinamentos sempre serão eternos, algo no qual devemos sempre buscar todos os dias. E sim! Os Guias são Mestres em seus ensinamentos tão grandiosos. Obrigado por compartilhar essa energia conosco e nos dar a oportunidade desse enorme conhecimento.

  7. Que lindo texto, muitos ensinamentos para colocarmos em prática na nossa vida realmente.
    Coisas tão simples e naturais mas, muitas vezes, insistimos em percorrer o caminho mais longo.
    Axé!!!

  8. Liçoes simples repetidas incansavelmente pelos guiaa de luz que nos orientam mas que teimamos em não ouvir.sempre é tempo de aprender.recomeçar

  9. Liçoes simples repetidas incansavelmente pelos guiaa de luz que nos orientam mas que teimamos em não ouvir.sempre é tempo de aprender.recomeçar

  10. Axé Mãe !!
    Quantos ensinamentos a partir de uma planta !! Isto também reforça que temos muitos ensinamentos à nossa volta, em tudo e sobre tudo, precisamos estar atentos !! Sempre atentos , pra não perder nenhuma lição ! Grata mãe por abrir sempre em nós novos olhares !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.