Sobre Mãe Mônica Caraccio

Sacerdotisa de Umbanda com grau de Ialorixá dirigente espiritual da Umbanda Carismática; Redatora do JUCA - Jornal de Umbanda Carismática; Mestre em Apometria (Casinha Azul-SP entre outros); Mestre em Radiestesia e Radiônica formada entre outros pelo SENAC/SP; Formação Teológica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC/SP; Bacharel em Ciências da Religião, Pós-graduada em História da África e do Negro no Brasil.

VIVER HOJE…

terautoestima

QUANDO ME AMEI DE VERDADE       

Carlos Drummond de Andrade

Quando me amei de verdade, 
compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato. E, então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome… auto estima.

Quando me amei de verdade, 
pude perceber que a minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra as minhas verdades.
Hoje sei que isso é… autenticidade.

Quando me amei de verdade, 
parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento .
Hoje chamo isso de… amadurecimento.

Quando me amei de verdade, 
comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é… respeito.

Quando me amei de verdade, 
comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo.
De início, minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama… amor próprio.

Quando me amei de verdade, 
deixei de temer meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei que isso é… simplicidade.

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão e, com isso, errei muito menos vezes.
Hoje descobri a… humildade.

Quando me amei de verdade, 
desisti de ficar revivendo o passado e de me preocupar com o futuro.
Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez.
Isso é… plenitude.

Quando me amei de verdade, 
percebi que a minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando eu a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é…. saber viver!

JOELHOS AO CHÃO SIM!

de joelhosDentro das várias ritualísticas que se desenvolvem nos terreiros de Umbanda é comum vermos, principalmente no início e término dos trabalhos espirituais, o corpo mediúnico com os joelhos no chão. Alguns veem esta postura como arcaica e sem sentido, porém, nunca se deram ao trabalho de analisarem detidamente tal comportamento.

É de conhecimento geral que as primeiras religiões do globo terrestre já inseriam a genuflexão em seus rituais como exteriorização de respeito junto ao Criador e também manifestação de humildade que todos devem ter, seja para com o Divino, seja para com o próximo. Da mesma forma, o ato de postar-se faz ver aos fieis que assistem uma manifestação Continue lendo

Um projeto audacioso pois acredito que um “porque” enfrenta qualquer “como”

Um projeto audacioso de transformação e conquista. Para quem ainda acredita que tudo pode melhorar, que objetivos PODEM e DEVEM ser conquistados… 

ritual 50 a 100

Um ritual que envolve

  • limpeza energética,
  • conexão espiritual,
  • lapidação de meta,
  • autoconhecimento para ter clareza de como chegar ao objetivo,
  • quebra de resistência e poder da crença,
  • métodos de aprendizagem,
  • aperfeiçoamento de aptidões
  • traçado de rotas 
  • reconhecimento do entorno, do campo, espaço e  de si mesmo como agente proativo
  • adversidades, potencias e resistências
  • alcance de seus objetivos

tudo com muita pratica,

técnica de meditação, 

respiração ativa

ferramentas especificas

exercícios físicos, mental e espiritual 

banhados de muito FOCO, GRATIDÃO e CERTEZAS

 

São anos de experiências, estudos, constatações e aperfeiçoamento para que Mãe Mônica Caraccio chegasse nesse ponto pleno de fazer diferente e fazer a diferença.

Um momento único e para poucos… Venha fazer sua parte que o Universo respondera a altura.

Axé

BANHO DE ROSAS …

Quem nunca tomou um bom banho de rosas? Mais do que isso, quem nunca utilizou estas flores para decorar, harmonizar, perfumar ou romantizar um ambiente? Pois é, as rosas expressam as emoções do amor e da vida e quando bem utilizadas podem nos proporcionar enormes benefícios. Mas afinal, rosas de qual cor devem ser usadas e em que situações? Vejam só:rosa

ROSAS BRANCAS trazem o sentido da Pureza e da Paz. Facilitam a paz interior e ajudam a entrar em conexão e contemplação com o eu interior. Protegem contra energias negativas, purificam os sentimentos, acalmam e trazem o sentido da compaixão estimulando o perdão. São ligada à harmonia e à espiritualidade superior. Podem ser usadas em crianças e até bebês. O banho com rosas brancas é eficaz contra Continue lendo

AS ENTIDADES CIGANAS NA UMBANDA

ciganosSão entidades que há muito tempo trabalham na Umbanda, mas normalmente se manifestam sob domínio de outras linhas como a linha da esquerda, a linha do oriente, entre outras. Isso é possível pelo fato da energia de trabalho ser a mesma, o que muda é a forma de manipular os fluídos, uma vez que os ciganos usam uma relação material, energética, elementar e natural, assim como o povo da esquerda, enquanto que o povo do Oriente manipula essas elementos através de seu magnetismo espiritual.

Sempre se faz necessário deixar claro que Continue lendo

Nesse Final de Semana

 

Em busca de um caminho_ (1)

 

Faça você parte desse momento, agarre as chances que o Destino te dá e viva melhor e em paz com seu futuro. 

SÁBADO DIA 19/05, UM DIA ESPECIAL… Informe-se e marque seu horário

LINHAS DE TRABALHO NA UMBANDA Guias e Falanges

Um estudo encantador e importante para a religião Umbanda. Um estudo que demonstra a evolução e a formação das capacitações das Linhas e dos Guias. Para tanto abordaremos temas como incorporações, campos de atuações, movimentos comuns, oferendas próprias, mistérios dos nomes, personalidade dos Guias, suas velas, cores, instrumentos de uso, seus pontos riscados e muito, muito mais. Será um estudo recheado de axé carregado de conhecimentos profundos e raros. Vale a pena o interesse e firmar esse encontro.

 por Mãe Mônica Caraccio na sede da Umbanda Carismática, 

um lugar lindo, de fácil acesso e com muito conforto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Emoção, Possibilidade e Atitude. 13 de MAIO está chegando

Lágrima de PretaAxééé pessoal!!! Estamos chegando perto do dia treze de maio, dia em que os terreiros de Umbanda cheiram a bolo de fubá, café e guiné, se enfeitam de pipocas, crisântemos, palhas da costa e cantam para as almas, mirongas e Pretos Velhos, entidades espirituais que representam os anciãos conselheiros, os sábios bondosos e os vovôs e vovós “feiticeiros”.

Nesse dia também comemoraremos o Dia das Mães. Mulheres de todas as idades, belezas e esperanças, cheias de lembranças, ideais e cicatrizes, que lutam, cuidam, criam e educam, ou negam, abandonam, violentam e destroem.

E além dessas duas datas que Continue lendo

ME LEVE EM SUA MONTARIA, HOJE E SEMPRE…

f3176a75-d5dd-4435-930a-b576e67c31e1 (1)HOJE dia 23 de abril, dia de São Jorge sincretizado por Ogum – o orixá de espírito guerreiro, destemido e estratégico que abre e protege os caminhos; que representa o desenvolvimento da tecnologia, o segredo da transformação, a passagem da “idade da pedra” para “idade do ferro” desejando sempre mais.

Hoje o dia é mais que especial!

É um dia em que o povo de santo e o povo que acredita em santo acende vela, bate paó, reza, canta, samba, brinda, vibra e grita: não brinca com filho de Jorge, não brinca com filho de Ogum…

Um dia de promessa, alegria, pedido, mas principalmente de fé, crença, devoção e afirmação: sou feliz porque sou da sua companhia…

Dia, lua e mês abrasadores, límpidos e crescentes, pois: orgulho e força são as marcas desse Guia!

Dia que brilha, lua que cresce, mês que abre, planeta que aquece e a certeza que excede: arma de fogo no meu corpo não alcançará.

Orixá Santo de perfil obstinado, professa: quem tem santo segura, se segura e assegura.

Hoje,dia 23 de abril centenas e mais centenas de pessoas, de várias religiões olham para o céu, para a lua, para a vela, para a imagem, o altar e clamam. Clamam por esperança, por vitória e por mais e novas oportunidades. Muitas outras, agradecem, celebram, festejam, ofertam, compartilham, comemoram, cozinham e brincam com alegria e honra. Outras ainda, esperam, silenciam, confiam, rogam e se interiorizam na busca da exteriorização da força. Outras… Outras… Muitas outras fazem muitas outras coisas, porém, fazem hoje!

HOJE, um dia mais que especial, anseia que você faça alguma coisa singular para esse santo padroeiro e orixá feiticeiro, nosso Ogum Guerreiro.

HOJE, vale rezar com intensidade para criar uma enorme e divina forma-pensamento que abrasará a terra, o céu e a lua.

HOJE, vale exteriorizar a fé, o sorriso e a gratidão. Vale reconhecer, perdoar e rogar. Assim peço: perdoe a intimidade ao rogar, mas hoje o dia é mais que especial. Perdoe o pouco que ainda atinjo em seu nome, mas ainda anseio. Perdoe esse soldado que tanto crê e ainda tanto clama “fica ao meu lado, São Jorge guerreiro. Me guarda em ti meu santo padroeiro. Me leva ao céu em sua montaria, Ogum filho mais velho de Oduduwa. Percorra meu corpo, Ogum feiticeiro alquimista dos metais. Aqueça meu espírito e enrijeça meu destino, meu Orixá Guerreiro desbravador de Ifé!”

HOJE, ainda é tempo, ainda dá tempo, ainda contamos com o tempo.
Aproveeeeeite, inspiiiiire-se e HOJE, FAÇA ALGO DIFERENTE que possa refletir amanhã, que possa transformar o depois de amanhã e mais depois, depois de amanhã….

Axéééé!!!

por Mãe Mônica Caraccio